Disponível: Em estoque

De: R$50,00

Preço Promocional R$40,00

Descrição

Detalhes

Material de estudo direcionado para o cargo de Orientador Pedagógico Concurso Prefeitura de Sorocaba 2020
 
Material no formato digital 
Forma de envio: via e mail
 
 
Conteúdo:
Língua Portuguesa: Leitura e interpretação de diversos tipos de textos (literários e não literários). Sinônimos e antônimos. Sentido próprio e figurado das palavras. Pontuação. Classes de palavras: substantivo, adjetivo, numeral, artigo, pronome, verbo, advérbio, preposição e conjunção: emprego e sentido que imprimem às relações que estabelecem. Concordância verbal e nominal. Regência verbal e nominal. Colocação pronominal. Crase.
 
Estatística: Estatística descritiva e análise exploratória de dados: gráficos, diagramas, tabelas, medidas descritivas (posição, dispersão, assimetria e curtose). Probabilidade. Definições básicas e axiomas. Probabilidade condicional e independência. Técnicas de amostragem: amostragem aleatória simples, estratificada, sistemática e por conglomerados.
 
CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS E LEGISLAÇÃO
 
BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil (1988). (Artigos 5º, 6º; 205 a 214).
BRASIL. Lei nº 8.069, de 13-07-1990 - Dispõe sobre o Estatuto da Criança do Adolescente e dá outras providências. (Artigos 1º a 6º; 15 a 18-B; 60 a 69).
BRASIL. Lei nº 9.394, de 20-12-1996 - Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional.
BRASIL. Lei nº 13.005, de 25-06-2014 - Aprova o Plano Nacional de Educação - PNE e dá outras providências.
BRASIL. Lei nº 13.146, de 6 de julho de 2015 - Institui a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Estatuto da Pessoa com Deficiência).
BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de  Educação  Especial -  Política nacional de educação especial na perspectiva da educação inclusiva. Brasília: MEC/SECADI, 2008.
BRASIL. Parecer CNE nº 14/2017 - Normatização nacional sobre o uso do nome social na educação básica.
BRASIL. Resolução CNE/CEB nº 4, de 13-07-2010 - Define Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais para a Educação Básica.
BRASIL. Resolução CNE/CP nº 2, de 22-12-2017 - Institui e orienta a implantação da Base Nacional Comum Curricular, a ser respeitada, obrigatoriamente, ao longo das etapas e respectivas modalidades no âmbito da Educação Básica.
BRASIL. Resolução CNE/CP nº 1, de 19-01-2018 - Define o uso do nome social de travestis e transexuais nos registros escolares.
Decreto Municipal nº 20.939/14 - Pune toda e qualquer forma de discriminação em estabelecimentos e repartições públicas ou privadas em função da orientação sexual e dá outras providências.
Decreto municipal nº 22.120/15, de 28 de dezembro de 2015 - dispõe sobre regulamentação de estágio probatório, e dá outras providências.
Decreto Municipal nº 24.392/18 - Normatiza o uso do nome social - Dispõe sobre o direito ao uso e tratamento pelo nome social de pessoas travestis e transexuais nos registros municipais, estabelece parâmetros para seu tratamento no âmbito do Poder Executivo e dá outras providências.
Deliberação CMESO nº 02/1999, de 26 de outubro de 1999 - Homologada pela Resolução SEC/GS – 69/99, de 03/11/99 - Fixa Normas para a Operacionalização da Avaliação pela Escola para a Classificação e Reclassificação dos Alunos nas Escolas da Rede Municipal de Ensino.
Deliberação CMESO nº 01/2001, de 26 de junho de 2001 - Dispõe sobre pedidos de reconsideração e recursos referentes aos resultados finais de avaliação de alunos do Ensino Fundamental e Médio, regular e supletivo, do Sistema Municipal de Ensino.
Deliberação CMESO nº 01/2007, de 27 de março de 2007 - Homologada pela Resolução SEDU/GS Nº 23, de 25 de abril de 2007 - Dispõe sobre o atendimento a alunos cujo estado de saúde recomende atividades especiais de aprendizagem e avaliação escolar.
Deliberação CMESO nº 02/2008, de 28 de outubro de 2008 - Homologada pela Resolução SEDU/GS nº 31, de 06 de novembro de 2008 - Dispõe sobre normas para o atendimento de alunos portadores de necessidades educacionais especiais na Rede Municipal de Ensino de Sorocaba.
Deliberação CMESO nº 02/2009, de 08 de dezembro de 2009 - Fixa normas para os cursos de Jovens e Adultos em nível do Ensino Fundamental e Médio da Rede Municipal de Ensino de Sorocaba.
Deliberação CMESO nº 03 de 2018, de 16 de maio de 2018 - Fixa normas para a oferta e o funcionamento da Educação Básica no Sistema Municipal de Ensino do Município de Sorocaba.
(*) Instituída pela Portaria CMESO n. 02/2018, publicada no Jornal do Município de Sorocaba em 03 de julho de 2018.
Lei municipal nº 8119, de 29 de março de 2007 - dispõe sobre alteração de dispositivos da lei nº 4.599, de 6 de setembro de 1994, que estabelece o quadro e o plano de carreira do quadro do magistério público municipal de Sorocaba e dá outras providências.
Lei municipal nº 8292, de 05 de novembro de 2007 - pune toda e qualquer forma de discriminação em estabelecimentos e repartições públicas ou privadas em função da orientação sexual e dá outras providências.
Parecer CMESO nº 03/2010, de 19 de outubro de 2010 - Atendimento Educacional Especializado na rede Municipal de Ensino.
Parecer CMESO nº 02/2011, de 22 de novembro de 2011 - Consulta sobre concepção de educação infantil e necessidade de períodos destinados a férias e a recesso em Instituições de Educação Infantil do Sistema Municipal de Ensino de Sorocaba.
Parecer CMESO nº 01/2012, de 16 de outubro de 2012 - Processo CME de Sorocaba nº 02/2012. Assunto: Implantação e Implementação de Classe Hospitalar e Atendimento Pedagógico Domiciliar.
 
Bibliografia
ALARCÃO, Isabel. Professores reflexivos em uma escola reflexiva. São Paulo: Cortez, 2003.   ARROYO,  Miguel.  Políticas  educacionais  e  desigualdades:  à  procura  de  novos  significados. Educação e Sociedade, Campinas, v.31, nº113, p. 1381-1416, out./dez. 2010.
AQUINO, Júlio Groppa. Diferenças e preconceitos na escola. Editora Summus, 1998. CANDAU, Vera Maria (Org.) Reinventar a escola. Petrópolis: Vozes, 2007.
COLARES, Maria Lília Imbiriba Sousa (Org.). et. al Gestão escolar: enfrentando os desafios cotidianos em escolas públicas. Curitiba: Editora CRV, 2009.
CORTELLA, Mario Sergio. Qual é a tua obra? Inquietações propositivas sobre gestão, liderança e ética. Petrópolis / RJ. Vozes. 24ª Edição. 2015.
FERNANDES,  Domingos.  Avaliação,  aprendizagens  e  currículo:  para  uma  articulação  entre investigação, formação e práticas. 2012.
FERREIRO, Emília. Com todas as letras. São Paulo: Cortez, 2000.
FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa.  São Paulo: Editora Paz e Terra, 1996.
FREITAS, Luiz C. Avaliação educacional: caminhando na contramão. Vozes, 6ª Edição. Petrópolis / RJ, 2014.
GANDIN, Danilo. Temas para um projeto político pedagógico. Petrópolis: Vozes, 1999. GANDIN, Danilo. Planejamento como prática educativa. São Paulo. Loyola. 19ª Edição. 2011. GUENTHER, Zenita. Capacidade e talento: um programa para a escola. Editora EPU, 2006.
LIBÂNIO, José Carlos. Organização e gestão da escola: teoria e prática. 6ª Edição. São Paulo: Heccus, 2013
LUCKESI, Cipriano C. Avaliação em Educação – questões epistemológicas e práticas. Cortez Editora. MACEDO, Lino. Ensaios pedagógicos: como construir uma escola para todos? São Paulo. Artmed, 2009.
MISKOLCI, Richard. Marcas da diferença no ensino escolar (org.). São Carlos: EDUFACAR, 2010. MONTEIRO, Letícia P., SMOLE, Katia S. Um caminho para atender às diferenças na escola. Revista Educação e Pesquisa, São Paulo, V. 36 nº 1, 2010.
MORIN, Edgard. Os sete saberes necessários à educação do futuro. Editora Cortez, 2003.
MURICI, Izabela Lanna; Chaves, Neuza. Gestão para resultados na educação. São Paulo. Falcon. 2ª Edição, 2016.
OLIVEIRA, Dalila Andrade. Gestão democrática da educação: desafios contemporâneos. Petrópolis /
RJ. Vozes. 8ª Edição, 2013.
PADILHA, Paulo R. Planejamento dialógico: como construir o PPP da escola. São Paulo. Cortez. 9ªEdição. Instituto Paulo Freire, 2017.
PARO, Vitor H. A gestão democrática da escola pública. São Paulo. Cortez. 4ª Edição. 2016.
REGO, T.C. Vygostsky: uma perspectiva histórico-cultural da Educação. 24 Edição. São Paulo: Vozes, 2013
ROMÂO, José Eustáquio. Avaliação dialógica – desafios e perspectiva. Editora Cortez, 1999.
SAVIANI, Dermeval. Escola e Democracia: teorias da educação, curvatura da vara, onze teses sobre a educação política. Campinas, SP: Autores ASSOCIADOS, 200823.
SILVA, T. T. Documentos de identidade: uma introdução à teorias do currículo. Belo Horizonte: Autêntica, 1999.
TARDIF, Maurice; LESSARD, Claude. O trabalho docente: elementos para uma teoria da docência como profissão de interações humanas. Petrópolis, RJ: Vozes, 2007.
VASCONCELOS, Celso S. Planejamento de ensino – aprendizagem e Projeto Político Pedagógico. 7ª Edição. São Paulo: Libertad, 2000.
VEIGA, Ilma Passos A. (org.). PPP da escola: uma construção possível. Campinas, SP. Papirus, 29ª Edição, 2011.
SOROCABA.    SECRETARIA    DA    EDUCAÇÃO.    Marco    Referencial,    2012   
QUESTÕES COM GABARITOS

 

Avaliações

Nenhuma avaliação até o momento

Queremos saber sua opinião

Produto: Apostila Orientador Pedagógico Prefeitura de Sorocaba 2020

Como você avalia este produto? *

 
1
2
3
4
5
Preço
Qualidade

Comentários do Cliente 0 item(s)

Loja Virtual UOL HOST