Disponível: Em estoque

De: R$50,00

Preço Promocional R$30,00

OU
Descrição

Detalhes

08/05/2019 - Concurso Público para o cargo de  Diretor de Escola e Diretor Adjunto da Prefeitura de São Carlos

Apostila  completa e atualizada conforme novo edital da organizadora CKM SERVIÇOS LTDA, edital de número 01/2019

abaixo conteúdo programático da apostila :

 

Disciplinas

Número de paginas

Língua Portuguesa

257

Raciocínio Lógico

122

Conhecimentos  Básicos

192

Legislação Educacional

1071

Conhecimentos Específicos

97

Caderno Questões

22

Total

1.761 páginas

 

LÍNGUA PORTUGUESA

1. Equivalência e transformação de estruturas: Flexão de substantivos, adjetivos e pronomes (gênero, número, grau e pessoa). Processos de coordenação e subordinação. Colocação pronominal. 2. Estudo, compreensão e interpretação de Texto: A significação das palavras no texto, conceito, encontros vocálicos, Dígrafos, Ortoépia, Divisão Silábica, Prosódia-Acentuação; Conteúdo do texto: Relações semântico-discursivas entre ideias no texto e os recursos linguísticos usados em função dessas relações; Escrita do texto; Modalizações no texto e os recursos linguísticos usados em função dessas modalizações; Textos: publicitários, jornalísticos, instrucionais, narrativos, poéticos, epistolares, história em quadrinhos; Linguagem verbal e não verbal. 3. Fenômenos semânticos: sinonímia, homonímia, antonímia, paronímia, hiponímia, hiperonímia, ambiguidade. 4. Figuras de linguagem: (comparação, metáfora, eufemismo, prosopopeia, onomatopeia, antítese, paradoxo, hipérbole, perífrase, silepse, hipérbato, metonímia, ironia, sinestesia, aliteração); Figuras e Vícios de Linguagem. 5. Acentuação. 6. Morfologia (Flexão e Emprego): Substantivo; Adjetivo; Pronome; Artigo; Preposição; Numeral; Advérbio; Interjeição; Verbo-flexão. 7. Substantivo: classificação, flexão, emprego; 8. Adjetivo: classificação, flexão, emprego; 9. Pronome: classificação, emprego, colocação dos pronomes pessoais oblíquos átonos, formas de tratamento; 10.Verbo: conjugação, flexão, propriedades, classificação, emprego, correlação dos modos e tempos verbais, vozes; 11.Advérbio: classificação e emprego; 12.Níveis de linguagem: Linguagem denotativa e linguagem conotativa. 13.Ortografia: Crase/Pontuação/ 16.Ortografia: Dificuldades ortográficas; Emprego do “s, z, g, j, ss, ç, x, ch”; 14.Língua portuguesa aplicada à redação de documentos. 15.Regra padrão de concordância nominal e verbal. 16.Sintaxe: Elementos estruturais das palavras; Formação das palavras; Frase-oração-período; Sujeito: classificação; Predicado: verbal, nominal e verbo-nominal; Complementos verbais, objeto direto, objeto indireto; Adjuntos adnominais e adverbiais; Agente da passiva; Vocativo e aposto; Período composto por coordenação; Período composto por subordinação; Colocação pronominal, pronomes átonos; Figuras de sintaxe; Termos de Oração/ Período Composto/Conceito e classificação das orações.

RACIOCÍNIO LÓGICO

Raciocínio Lógico 1. Entendimento de estrutura lógica de situações-problema, bem como aplicar conteúdos matemáticos na vida prática. 2. Determinantes; 3. Exponencial: propriedades, função e equação; 4. Função de 1º grau: raiz, coeficiente angular, equação e gráfico; 5. Função de 2º grau: raízes, concavidade, discriminante, equação, vértice e gráfico; 6. Função: definição; classificação quanto injetora, sobrejetora e bijetora; composta; e inversa; 7. Geometria espacial: prisma, pirâmide, cilindro, cone e esfera; 8. Geometria plana: Teorema de Pitágoras; área e propriedades das figuras planas: quadriláteros, triângulo e circunferência; 9. Logaritmos: propriedades, função e equação; 10. Matemática Financeira: porcentagem; juros simples e compostos; montante; e equivalência de taxas e de capitais; 11. Matrizes; 12.Potenciação e radiciação; 13.Probabilidade e análise combinatória; 14.Sequência e Progressões aritmética e geométrica; 15.Sistema de equações lineares; 16.Sistema métrico: medidas de tempo, comprimento, superfície e volume; 17.Trigonometria: seno, cosseno e tangente; teorema fundamental da Trigonometria; equações, transformações e identidades trigonométricas;

LEGISLAÇÃO EDUCACIONAL

1. BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Promulgada em 05 de dezembro de 1988. Art. 205 ao 214.

2. BRASIL. Lei n.º 8.069/1990. Estatuto da Criança e do Adolescente.

3. BRASIL. Lei n.º 9.394/1996. LDB – Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional.

4. BRASIL. Decreto n.º 7.611/2011 – Dispõe sobre a educação especial, o atendimento educacional especializado e dá outras providências. 

5. BRASIL. Lei nº 10.639, de 9 de Janeiro de 2003. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para incluir no currículo oficial da Rede de Ensino a obrigatoriedade da temática "História e Cultura Afro-Brasileira", e dá outras providências. 

6. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Especial. Política nacional de educação especial na perspectiva da educação inclusiva. Brasília: MEC/SECADI, 2008. .

7. Ministério da Educação. Secretaria da Educação Básica. Educação Infantil e práticas promotoras de igualdade racial. São Paulo: Centro de Estudos das Relações de Trabalho e Desigualdades – CEERT; Instituto Avisa lá – Formação Continuada de Educadores, 2012. 

8. Ministério da Educação. Ensino Fundamental de nove anos – Orientações para a inclusão da criança de seis anos de idade. Brasília: Secretaria de Educação Básica, 2007. 

9. Ministério da Educação. Práticas cotidianas na educação infantil – Bases para a reflexão sobre as orientações curriculares. Secretaria de Educação Básica e Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Brasília, 2009. 

10. Ministério da Educação. Brinquedos e brincadeiras de creches: Manual de Orientação Pedagógica. Brasília: MEC/SEB, 2012. 

11.Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular – versão final. 

12. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Critérios para um atendimento em Creches que respeite os direitos fundamentais da criança. Brasília: 2009. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/dmdocuments/direitosfundamentais.pdf

13. Resolução CNE/CEB n.º 2/2001. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Especial na Educação Básica. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/CEB0201.pdf .

14.Resolução CNE/CEB n.º 4/2009 – Institui Diretrizes Operacionais para Atendimento Educacional Especializado na Educação Básica, modalidade Educação Especial. 

15.Resolução CNE/CEB n.º 5/2009 – Fixa Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil. 

16.Resolução CNE/CEB n.º 03/2010 – Estabelece Diretrizes Operacionais para a Educação de Jovens e Adultos. 

17.Resolução CNE/CEB n.º 4/2010 – Define Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais para a Educação Básica. 

18.Resolução CNE/CEB n.º 7/2010 – Fixa Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental de 9 (nove) anos. 

19.Resolução CNE/CP n.º 1/2004 – Institui Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana. 

CONHECIMENTOS BÁSICOS DA EDUCAÇÃO

1. ARCE, Alessandra. Interações e Brincadeiras na Educação Infantil. Campinas: Alínea, 2013.

2. AZENHA, Maria da Graça. Construtivismo: De Piaget a Emilia Ferreiro. 7 ed. São Paulo: Editora Ática, 2000.

3. BOSSA, Nadia Aparecida. Dificuldades de Aprendizagem - O que São? Como Tratá-las?. Editora Saraiva, 2009.

4. CANDAU, Vera Maria. Rumo a uma nova Didática. 22º edição. Petrópolis: Vozes, 2012.

5. DEL PRETTE, Zilda A.P.; DEL PRETTE, Almir. Psicologia das habilidades sociais na infância: teoria e prática. Petrópolis: Vozes, 2005.

6. MANTOAN, Maria Teresa Eglér. Inclusão escolar: o que é? Por quê? Como fazer. São Paulo: Moderna, 2006.

7. DAVIS, Claudia; OLIVEIRA, Zilma de. Psicologia na Educação. São Paulo: Cortez, 1993.

8. FERREIRO, Emília. Reflexões sobre alfabetização. São Paulo: Cortez, 2003.

 9. FERREIRO, Emília & TEBEROSKY, Ana. A psicogênese da língua escrita. Porto Alegre: Artmed, 1999.

10. FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia. São Paulo: Paz e Terra, 2011.

11.GADOTTI, Moacir. Pensamento Pedagógico Brasileiro. São Paulo: Ática, 2006.

12. GOMES, Nilma L.; SILVA, Petronilha B.G. Experiências étnico-culturais para a formação de professores. São Paulo: Autêntica, 2002.

13. HOFFMANN, Jussara. Avaliação Mediadora. Porto Alegre: Editora Mediação, 1995.

14. IMBERNÓN MUNOZ, Francisco. Formação docente e profissional. São Paulo: Cortez, 2000.

15.KAMII, Constance. A criança e o número. Campinas: Papirus, 1998.

16.LERNER, Delia. Ler e Escrever na escola: o real, o possível e o necessário. Porto Alegre: Artmed, 2002.

17.LIBÂNEO, José Carlos. Organização e Gestão da Escola: Teoria e Prática. Editora Heccus, 2015.

18. LÜCK, Heloísa. Gestão da cultura e do clima organizacional da escola. Petrópolis: Vozes, 2010. Série Cadernos de Gestão.

19.LUCKESI, Cipriano. Avaliação da aprendizagem escolar. 21 ed. São Paulo: Cortez, 2011.

20. MELLO, Roseli R; BRAGA, Fabiana M.; GABASSA, Vanessa. Comunidades de Aprendizagem – outra escola é possível. São Carlos: EDUFSCar, 2012.

21.MORIN, Edgar. Os sete saberes necessários à Educação do Futuro. São Paulo: Cortez, 2002.

22. OLIVEIRA, Zilma Ramos de. Educação Infantil: fundamentos e métodos. São Paulo: Cortez, 2002.

23.NÓVOA, A. Os professores e a sua formação. Lisboa: Publicações Dom Quixote. 1992.

24. PIAGET, Jean. Seis estudos de Psicologia. 21. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1995.

25. PIRES, Celia Maria Carolino. Educação Matemática – Conversa com professores dos Anos Iniciais. São Paulo: Zapt, 2012.

26. SAVIANI, Dermeval. Escola e democracia: teorias da educação, curvatura da vara, onze teses sobre educação e política. Campinas-SP: Autores Associados, 2008

27. SOARES, Magda. Alfabetização e Letramento. São Paulo: Contexto, 2008.

28. VIGOTSKY, L.S.; LURIA, A.R.; LEONTIEV, A.N. Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. São Paulo: Ícone, 2001.

29. WEISZ, Telma. O Diálogo entre o ensino e a aprendizagem. São Paulo: Ática, 2002.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS –

Diretor de Escola e Diretor  Adjunto

1. ARROYO, Miguel G. Currículo, território em disputa. Petrópolis: vozes, 2013.

2. CHRISPINO, A. & CHRISPINO, R. A mediação do conflito escolar. São Paulo: Biruta, 2011.

3.ESTEBAN, Maria Teresa (Org.). Escola, currículo e avaliação. São Paulo: Cortez, 2005.

4. FERREIRA, Naura Syria Carapeto (Org.). Gestão democrática da educação: atuais tendências, novos desafios. São Paulo: Cortez, 2008.

5. GADOTTI, Moacir e ROMÃO, José E. Autonomia da escola: princípios e propostas. São Paulo: Cortez, 2001.

6. HOFFMANN, Jussara. Avaliar para promover: as setas do caminho. Porto Alegre: Mediação, 2001.

7.LIBÂNEO, José Carlos; OLIVEIRA, João Ferreira de. e TOSCHI, Mirza Seabra. Educação escolar; políticas, estrutura e organização. São Paulo: Cortez, 2010.

8.LÜCK, Heloísa. A gestão participativa na escola. Petrópolis: Vozes, 2010.

9.LÜCK, Heloísa. Liderança em gestão escolar. Petrópolis: Vozes, 2010. Série Cadernos de Gestão.

10 .MACEDO, Lino de. Ensaios pedagógicos: como construir uma escola para todos? Porto Alegre: Artmed, 2005.

11.OLIVEIRA, C., FREITAS, L.C. Indagações sobre currículo: currículo e avaliação. Brasília: SEB, 2007. 

12.PARO, Vitor Henrique. Gestão democrática da escola pública. São Paulo: Ática, 2012.

13.PARO, Vitor. Diretor Escolar – educador ou gerente? São Paulo: Editora Cortez.

14.RIOS. Terezinha A. Compreender e Ensinar – Por uma docência de melhor qualidade. São Paulo: Editora Cortez, 2001

15.VEIGA, Ilma Passos Alencastro (org.). Projeto Político-Pedagógico da Escola: uma construção possível. Campinas: Papirus Editora, 1995.

Questões com gabaritos

 

Avaliações

Nenhuma avaliação até o momento

Queremos saber sua opinião

Produto: Apostila Diretor Escola e Adjunto Prefeitura São Carlos

Como você avalia este produto? *

 
1
2
3
4
5
Preço
Qualidade

Comentários do Cliente 0 item(s)

Loja Virtual UOL HOST powered by Signativa